Fábio St Rios

Estudou Ciência da Computação, Engenharia Metalúrgica na UFF, Engenheiro de Software, Desenvolvedor, Programador, Hacketivista e Estudante de História na UniRio.

2 comentários em “Moro e Dallagnol já são mortos-vivos: Vaza Jato e a estratégia do cansaço que começa a vencer a Globo.

  • 14/08/2019 em 09:22
    Permalink

    Lula não teve um julgamento justo, o que houve foi um acerto de condenação tramada pelo ex-juiz Sérgio Moro, em conluio com Deltan Dallagnol e procuradores da Lava Jato, utilizando-se de “lawfare”, que é a uso indevido da lei para fins políticos. Esperamos que essa turma do mal seja punida, exemplarmente, exonerada de seus cargos a bem do Serviço Público, e colocadas no lugar que eles merecem: no Xilindró, pois o lugar de bandidos é na Cadeia, no Xilindró, e que todas as condenações proferidas contra Lula no âmbito da Lava Jato por essa “gang” sejam revistas e anuladas.

    Resposta
    • 19/08/2019 em 00:51
      Permalink

      Moro…*Herói sem nenhum caráter*

      – Anulou todas as sentenças do caso Banestado, que desviou mais de 500 bilhões; apenas tucanos envolvidos.

      – Anulou as perguntas de Cunha a Temer, dizendo que ele estava constrangendo o presidente.

      – Tinha todas as provas contra Andrea Neves, irmã de Aécio, desde 2015 e não a prendeu ou sequer pediu investigação; ela foi presa pelo STF.

      – Absolveu a mulher de Eduardo Cunha ignorando contas na Suíça e parecer do MP suíço dizendo que ela é quem as operava.

      – Absolveu a mulher de Cabral, mesmo ela comprovadamente sendo líder de um esquema que comprava juízes e promotores e tendo mansões e mais de 11 milhões em joias.

      – Quase 4 anos de Lava Jato, nunca prendeu, indiciou ou condenou nenhum tucano.

      – Ignorou vídeo de ex-presidente do PSDB pedindo 10 milhões em propinas e o absolveu por “falta de provas”.

      – Diminui em 90% a pena dos que delatarem Lula, como Léo Pinheiro, Roberto Duque, etc. Mas só se delatar Lula.

      – Soltou Yousseff duas vezes e diminuiu sua pena no caso Banestado de 121 anos para apenas 1 ano.

      – Quando descobriu que o maior desvio da Lava Jato, os 16 Bilhões da Refinaria Abreu e Lima em Pernambuco, envolvia somente o PSDB, PP e PSB, Moro atribuiu a culpa a defuntos e realizou um julgamento no dia 22 de abril de 2015 em absoluto segredo, implicando apenas uns gatos pingados, sem citar nenhum político, dando o caso por encerrado. A imprensa ocultou.

      Este é Sergio Moro.

      De Lacildo B. Mattos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: