Luiz Henrique Mandetta lançará livro contra Bolsonaro durante entrevista no Roda Viva

Luiz Henrique Mandetta lançará livro contra Bolsonaro durante entrevista no Roda Viva

Compartilhe

Esmael Morais: O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), que andava meio de esquecido, irá ao Roda Viva na segunda-feira (12) comentar as 150 mil mortes no Brasil devido à SARS-COV-2. Além disso, o médico vai lançar um livro, ao vivo, contra Bolsonaro durante a entrevista.

Madetta promete revelar os bastidores de sua briga com o presidente Jair Bolsonaro –que motivaram sua demissão do cargo, 1 ano e quadro meses depois da posse.

O ex-ministro da Saúde estará no centro do Roda Viva, na segunda-feira, a partir das 22h, com transmissão ao vivo pelo Blog do Esmael. A apresentação da atração será da jornalista Vera Magalhães, da TV Cultura.

De olho nas eleições de 2022, Luiz Henrique Mandetta lançou recentemente o livro “Um Paciente Chamado Brasil”, em que narra, entre outras coisas, as disputas travadas com o presidente Jair Bolsonaro acerca dos rumos da luta contra a SARS-COV-2.

Mandetta defendia um isolamento social rigoroso, contrariando o presidente que, desde o início, insistia em tratar esse período como um mal passageiro. Outro ponto de discórdia entre eles era a questão de remédios de eficácia não comprovada que Bolsonaro pretendia distribuir em ampla escala.

O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta foi deputado federal pelo DEM do Mato Grosso, mas, na eleição de 2014, não tentou a reeleição porque temia perder a eleição. Ele assumiu a Saúde por indicação do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), de quem é amigo –além de correligionário.

O Roda Viva contará ainda com uma bancada de entrevistadores formada por Natalia Pasternak, microbiologista e presidente do Instituto Questão de Ciência; Atila Iamarino, doutor em microbiologia e divulgador científico; Claudia Collucci, jornalista de saúde do jornal Folha de S. Paulo; Eduardo Carvalho, jornalista, e Luiz Megale, âncora da rádio BandNews FM. Há ainda a participação do cartunista Paulo Caruso.

Compartilhe