Tradução ruim do Facebook leva palestino à prisão por israelenses

Um dos exemplos das tensões e do tratamento de Israel contra palestinos, onde primeiro se atira, prende ou agride, para depois perguntar o que houve, é o caso do rapaz preso por uma tradução malfeita do Facebook numa postagem. A confusão é inusitada, mas é triste. Apresenta a realidade de violação completa do direito à privacidade e dos diretos humanos na Palestina por Israel, já que comprova o monitoramento permanente das redes sociais. Ou seja, de uma nação sobre a outra.


A confusão começou com a tradução da uma legenda de uma foto, quando o rapaz palestino postou foto sua encostado em uma escavadeira, com a legenda “bom dia” em árabe. O tradutor do Facebook então, interpretou de forma estranha para, “machuquem eles”.

Leia Também:   TRUMP ACABA COM NEUTRALIDADE DA INTERNET: Já tem data para terminar.

A postagem foi denunciada por milhares de usuários israelenses, que interpretaram a situação, levando em conta que escavadeiras e tratores já foram utilizadas em ações de palestinos. A situação da imagem e a legenda mal traduzida, para “machuquem eles”, bastou para a prisão do rapaz, pelos israelenses.

Segundo as informações do periódico Haaretz, o rapaz ficou preso nas imediações de Jerusalém e a polícia admitiu que nenhum oficial envolvido falava árabe.

palestino_preso_erro_traducao_facebook

Fábio St Rios

Cientista da Computação, Engenheiro de Software, Programador Senior, Profissional da Segurança de Dados e Estudante de História.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × três =

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com