CPI da Covid: STF concede a Pazuello o direito de ficar calado.

CPI da Covid: STF concede a Pazuello o direito de ficar calado.

Compartilhe

Como era esperado, o ministro Ricardo Lwandowisk concedeu ao recurso apresentado pela CGU, o direito do ex-ministro da Saúde do governo Bolsonaro, Eduardo Pazuello, permanecer calado no depoimento na CPI da Covid.

O ex-ministro já havia adiado seu depoimento, com a desculpa de ter estado em contato com uma pessoa contaminada com covid-19, mas, em meio à quarentena, recebeu o ministro Onyx Lorenzoni.

Portanto, Pazuello poderá não responder nenhuma pergunta dos senadores e não poderá ser preso.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *