Apertem os cintos, o “ministro da Saúde” sumiu

Apertem os cintos, o “ministro da Saúde” sumiu

Compartilhe

Isso mesmo, Pazuello evaporou. Duas semanas fora do ar, em plena e absoluta bateção de cabeça do governo Bolsonaro sobre a aquisição de vacina, seringa e agulha.

Quanto mais tempo ele fica mudo, mais interpretações são feitas sobre essa fuga.

Nunca se ouviu falar isso no Brasil. Trata-se de um fato inédito na história da saúde brasileira.

Urge que o ministro da Saúde dê as caras para dar explicações sobre essa situação sanitária catastrófica e sem solução para vacinação.

Nem o discurso pelo discurso o governo quer mais fazer.

Desapareceram até as vacinas ornamentais que Pazuello usaria para fazer self e picar a mula dessa roubada que Bolsonaro lhe meteu.

Como o craque da logística vai entrar em campo se não tem nada exibir sua tática de guerra contra o vírus?

Por isso, não basta encontrar o Pazuello, é preciso encontrar a verdade do que de fato está acontecendo.

*Da redação

 

Compartilhe