Jornal Nacional, da Globo, reconheceu a inocência de Lula

Jornal Nacional, da Globo, reconheceu a inocência de Lula

Compartilhe

Esmael Morais:  Em reportagem de três minutos, o Jornal Nacional, da Globo, reconheceu na noite desta sexta-feira (11) que o ex-presidente Lula é inocente em mais uma das delações da Odebrecht.

A emissora dos Marinho reverberou a sétima absolvição, esta semana, pela Justiça Federal de São Paulo, que arquivou a ação que acusava o petista e o filho dele, Luís Cláudio, o Lulinha, por lavagem de dinheiro e tráfico de influência em pagamentos da Odebrecht.

De acordo com decisão do juiz federal Diego Paes Moreira, da 6ª Vara Federal de São Paulo, “no caso concreto, o investigado Luiz Inácio Lula da Silva não era mais agente público e a suposta solicitação de vantagem não decorreu da condição de agente público”. Ou seja, “a suposta troca de favores não tinha por pressuposto a sua presença ou atuação na condição de Presidente da República”.

O magistrado afirmou ainda que os colaboradores [da Odebrecht] não indicaram nenhum ato específico [provar], como a assinatura de contratos, decisões em licitações, realização de pagamentos ou quaisquer outros atos concretos que poderiam qualificar a conduta no tipo penal do tráfico de influência.

Embora o Jornal Nacional tenha disponibilizado 3 minutos para repercutir a absolvição, a Globo ainda continua em “dívida” com Lula. Segundo o ex-presidente, a TV divulgou mais de 100 horas de notícias falsas ou negativas contra ele nos últimos anos.

Lula foi absolvido ou teve os casos arquivados em sete processos (veja aqui a relação).

Em síntese, reconheceu o Jornal Nacional, da Globo: Lula é inocente. Um avanço, pois, nos últimos tempos, a emissora vinha censurando informações dessa natureza em relação ao petista.

Assista a um trecho da reportagem:

 

Compartilhe