Bolsonaro vai confiscar vacinas chinesas produzidas pelo Butantan. Medida Provisória já está sendo redigida.

Bolsonaro vai confiscar vacinas chinesas produzidas pelo Butantan. Medida Provisória já está sendo redigida.

Compartilhe

Em uma briga que começou com uma informação dada Ronaldo Caiado, a coletiva de Eduardo Pazuello (general ministro da Saúde), confirmou que o Planalto está editando uma medida provisória que confisca a produção do Instituto Butantan, da vacina chinesa, Sinovac.

O governador de São Paulo, João Dória, reagiu com forte crítica à MP que deve ser publicada nos próximos dias.

“Os brasileiros esperam pelas doses da vacina, mas a União demonstra dose de insanidade ao propor uma MP que prevê o confisco de vacinas. Esta proposta é um ataque ao federalismo. Vamos cuidar de salvar vidas e não interesses políticos”, complementou Dória em um post.

A medida do governo é absurda e autoritária, visando corrigir uma omissão do próprio presidente que se comportou como negacionista desde o início da pandemia. É irônico que Bolsonaro queira confiscar para distribuir a vacina que desejou proibir. O ato está com cheiro de inviabilização da vacinação com o uso da Sinovac.

A produção do Butantan é um investimento do estado de São de Paulo e empenho do governador tucano, que pode ter todos os defeitos, mas, decidiu assumir a postura correta de investir na ciência. Dória chegou a fazer aceno a Lula, em troca de twits, como forma de demonstrar união do país contra o coronavírus.

A informação da MP foi dada por Ronaldo Caiado, governador de Goias:

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *