Esposa do advogado de Bolsonaro é responsável pela siber-segurança do STJ, alvo de ataque grave hacker.

Esposa do advogado de Bolsonaro é responsável pela siber-segurança do STJ, alvo de ataque grave hacker.

Compartilhe

A Globalweb, empresa da família de Cristina Boner, ex-esposa do advogado Frederick Wassef, é a responsável pela cibersegurança do Superior Tribunal de Justiça (STJ), alvo do ataque hacker na última terça-feira (3). O órgão anunciou a suspensão de suas atividades e dos prazos dos processos que correm na corte até o próximo dia 9. Os dois contratos da empresa com o STJ somam mais de R$ 17 milhões. Um deles prevê suporte completo ao sistema da corte, como dados sobre processos e peças, sejam elas públicas ou sigilosas.

De acordo com o portal O Bastidor, a empresa também fica responsável pela segurança, pelo armazenamento, pelo banco de dados e pela virtualização de todo o ambiente tecnológico do STJ. A Polícia Federal abriu inquérito para apurar as circunstâncias do crime.

Ex-advogado do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos), Wassef escondeu em Atibaia (SP) o ex-assessor do parlamentar Fabrício Queiroz, que o ajudava no esquema da “rachadinha” na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj).

*Do Brasil247

Compartilhe

One thought on “Esposa do advogado de Bolsonaro é responsável pela siber-segurança do STJ, alvo de ataque grave hacker.

  1. Reply
    David
    novembro 7, 2020 at 7:21 am

    A única coisa que vi nessa reportagem foi ex acessor,ex marido,ex tudo, queria saber se vocês não tem vergonha na cara de produzir uma reportagem desse nível para atingir o governo atual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: