Biden vira na Pensilvânia e se aproxima da vitória sem a Georgia e Nevada, podendo chegar a 284 delegados.

Biden vira na Pensilvânia e se aproxima da vitória sem a Georgia e Nevada, podendo chegar a 284 delegados.

Compartilhe

Ironicamente, em uma eleição em que Donalda Trump usou muito as redes sociais e o veículo eletrônico como forma de criar fake news, em busca da reeleição a qualquer custo, está sendo derrotado por uma das tecnologias mais antigas, a carta. Na medida em que os votos via correios são apurados, Joe Biden caminha para a vitória em estados que Trump liderava com folga, nas últimas horas.

Na Pensilvânia, por exemplo, a virada confere a Biden mais 20 delegados e na Georgia, mais 16. Ainda há 6 delegados em Nevada, somando a possibilidade de 42 delegados aos atuais 264 já conquistados pelo democrata, desenhando um banho de 308 delegados, frente à expectativa de uma vitória muito mais apertada, desde o início da contagem.

Nos votos totais, no estado da Pensilvânia, a diferença é de pequena, mas crescente, 12 mil votos, com 0,2% de vantagem apenas para Biden. No âmbito federal, a distância é de aproximadamente 4 milhões de votos, ou 2,7% dos votos apurados.

Agora, a vitória de Biden é vista como certa a ser confirmada nas próximas horas.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: