Constantino perde contrato com a Rádio Guaíba e Correio do Povo.

Constantino perde contrato com a Rádio Guaíba e Correio do Povo.

Compartilhe

Em nenhum momento de sua carreira, Rodrigo Constantino deu motivos para ser contratado em qualquer veículo da imprensa tradicional, ou jornalão. Sua fala, ao defender o tal “estupro culposo”,  dizendo que a suposta embriaguez da modelo Mari Ferrer “É um comportamento completamente condenável”, também classificando as mulheres de “decentes” e “piranhas”.

A postura de Constantino foi tão deplorável, que até a filha do dito economista postou em rede social criticando o pai, em vídeo.

Diante dos fatos deploráveis, a Rádio Guaíba publicou, em nota: “Diante dos fatos recentes e em sintonia com a decisão tomada pelo Grupo Record, a Rádio Guaíba e o jornal Correio do Povo optaram por rescindir o contrato com o colunista Rodrigo Constantino, que ocupava espaços semanais na rádio e também no jornal”.

Constantino é o exemplo do risco que há em contratar pessoas visivelmente despreparadas para inclusive opinar sobre sua própria área, onde é tido como totalmente incapaz por seus pares.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *