Candidato pastor “Advogado de Deus” do Rio de Janeiro, se diz milionário, mas, declarou apenas R$ 4.000,00 ao TSE.

Candidato pastor “Advogado de Deus” do Rio de Janeiro, se diz milionário, mas, declarou apenas R$ 4.000,00 ao TSE.

Compartilhe

Não poderia ser diferente, um pastor evangélico que se intitula “Advogado de Deus”, para o TSE, não poderia ser boa coisa. Para variar, ao ter sua “alcunha” questionada no Twitter, entrou numa briga ridícula, que não poderia terminar de maneira diferente.

Aralton Júnior, que também é pastor, foi questionado de sua honestidade, ao usar um “apelido” no mínimo hipócrita. A cobrança gerou uma discussão que culminou com o Aralton bradando ser milionário e que, por isso, não necessita do salário de vereador.

No Rio de Janeiro, os vencimentos de um vereador é de aproximadamente R$ 19 mil.

Aralton Júnior é da igreja evangélica Anabatista, fundada pelo pastor Márcio Matos e o tal “Advogado de Deus” é o advogado de sua família. Aralton representa o fundador da igreja em diversos processos, inclusive de sonegação fiscal, no valor que chega a R$ 500 milhões.

Parece que o candidato foi pego pelo rabo, por uma discussão nada divina.

*Informações do Extra.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *