GADO BOMBEIRO CONTRA QUEIMADAS: Ministra mente sobre dados de gado, no Pantanal, para justificar alucinação no Senado.

GADO BOMBEIRO CONTRA QUEIMADAS: Ministra mente sobre dados de gado, no Pantanal, para justificar alucinação no Senado.

Compartilhe

Cada dia uma alucinação diferente. Não pense que se trata de um dos ministros alucinados, ou o próprio presidente. Quem afirmou que o gado come capim seco e por isso, reduz a capacidade de propagação de fogo no Panatanl, foi a ministra de agricultura, Tereza Cristina, tida como menos troglodita que o padrão bolsonarista.

A afirmação foi dada em audiência no Senado, via videoconferência. A ministra disse:

“Aconteceu o desastre porque nós tínhamos muita matéria orgânica seca que, talvez, se nós tivéssemos um pouco mais de gado no Pantanal, isso teria sido um desastre até menor do que nós tivemos este ano”, afirmou a ministra na comissão que acompanha ações contra as queimadas no Pantanal.

“O boi é o bombeiro do Pantanal, porque é ele que come aquela massa do capim, seja ele o capim nativo ou o capim plantado, que foi feita a troca, é ele que come essa massa para não deixar como este ano nós tivemos. Com a seca, a água do subsolo também baixou os níveis. Essa massa virou um material altamente combustível”, completou Tereza Cristina.

A ministra ainda falou que a criação de bovinos na região pantaneira reduziu, nos últimos anos, o que é desmentido por entidades ligadas ao meio- ambiente.

Segundo dados do Mapbiomas, entre 1999 e 2018 a cobertura de vegetação no Pantanal caiu 10% e a área de pastagem exótica cresceu 64% sobre áreas naturais, apesar da alegação de que o modelo de preservação teria retirado o pantaneiro e o gado da região. Se considerado o mesmo período 1999-2018, o rebanho de bovinos no Pantanal aumentou 38%, de 6,9 milhões para 9,58 milhões de cabeças.

 

Compartilhe

One thought on “GADO BOMBEIRO CONTRA QUEIMADAS: Ministra mente sobre dados de gado, no Pantanal, para justificar alucinação no Senado.

  1. Reply
    Marcus+Robson+Nascimento+Costa
    outubro 9, 2020 at 3:27 pm

    Podre essa opinião, só deveria ter vindo dos
    encabrestados a abestados, porque não perguntam a ela aonde está amarrada a jumenta!kkkkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: