“GESTAPO”: PF intima Boulos a explicar críticas ao presidente em redes sociais. “Bolsonaro é nos intimidar”.

“GESTAPO”: PF intima Boulos a explicar críticas ao presidente em redes sociais. “Bolsonaro é nos intimidar”.

Compartilhe

Em mais um forte indício de uso político da Polícia Federal, após troca do ministro da justiça, a PF intimou o candidato à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos a prestar depoimento por postagens críticas ao atual regime, em um inquérito estranho sobre postagens críticas a Bolsonaro e a seu clã.

Guilherme Boulos (PSOL) está na terceira posição na corrida para a prefeitura de São Paulo, com chances de chegar ao segundo turno, pela forte rejeição ao presidente, na capital paulista.

“Bolsonaro quer nos intimidar. Seu sonho é transformar a PF numa Gestapo. Não vamos permitir. Mais do que isso: vamos derrotar o bolsonarismo em SP e começar a virar esse jogo!” Disse Boulos no Twitter.

Boulos ainda não deixou por menos e voltou a criticar o clã citando escândalo da rachadinha, que envolve milicianos que trabalharam no gabinete de seu filho, quando era deputado estadual no Rio de Janeiro.

“Quem comandava o esquema da rachadinha? E os 89 mil de Queiroz pra Michelle? Qual a relação com os milicianos?

Bolsonaro quer usar a Polícia Federal para me intimidar e abafar perguntas como essas.” Completou Guilherme.

Compartilhe

One thought on ““GESTAPO”: PF intima Boulos a explicar críticas ao presidente em redes sociais. “Bolsonaro é nos intimidar”.

  1. Reply
    Astrogildo leal
    setembro 28, 2020 at 6:49 pm

    A continuar o terrorismo bolsonarista, contra Guilherme Boulos, com certeza, o candidato do PSOL 50, vai crescer e muito, para a Prefeitura Municipal de São Paulo. VAMOS EM FRENTE BOULOS !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: