Lula: um país sério primeiro alimenta seu povo, depois vai exportar

Lula: um país sério primeiro alimenta seu povo, depois vai exportar

Compartilhe

O ex-presidente Lula, em entrevista à Rádio Brasil FM nesta quinta-feira (24), criticou a alta do preço de alimentos no Brasil, como por exemplo do arroz, e afirmou que um país sério precisa, em primeiro lugar, garantir a alimentação de sua nação para depois exportar o excedente dos alimentos. Para o ex-presidente, esta não é lógica do governo Jair Bolsonaro.

A alta no custo do arroz no Brasil foi causada pela falta de estoque interno, motivada pela alta taxa de exportação do produto.

“Um país sério só exporta o excedente de sua produção. Primeiro alimenta seu povo, depois vai exportar. Lamentavelmente essa não é a lógica desse governo”, falou Lula.

O ex-presidente também comentou sobre o desemprego, que já assola 13 milhões de brasileiros. “Quem está desempregado tá desesperado. O maior prazer de uma pessoa humilde é saber que tem um emprego, que no fim do mês vai ter seu salário e poder comprar o que o filho precisa. A fome não pode esperar”.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *