Gen. Pazuello, o ministro da saúde, de interino a “desinterino”.

Gen. Pazuello, o ministro da saúde, de interino a “desinterino”.

Compartilhe

O que um genocida disfarçado pode fazer para se esconder atrás de números pandêmicos dignos de um sistema de extermínio dos mais pobres? Bolsonaro, como forma de se manter como um ditadorzinho “meia boca” e mimado, manteve o discurso de que ninguém pode contrariá-lo, em seu governo, esse foi o mote de remoção de dois ministros da Saúde distantes de serem o ideal.

Mandetta, que antes da pandemia defendia o fim do SUS, ou a privatização, no caminho e na hora crítica, mudou de posição, vestiu a camisa do Sistema Único de Saúde, foi à TV e não fez nada demais, apenas defendeu o óbvio para uma humanidade planetariamente industrializada, defendeu a ciência.

O segundo, menos simpático e com a aparência decrepita, não emplacou um mês no cargo. Começou fazendo vista grossa para a cloroquina e, quando se opôs ao presidente mimado e notou que estava em um antro de desequilibrados lunáticos, pediu o chapéu. Aquela cara que Nelson Teich fez durante a fatídica reunião que o STF tornou aberta, é a imagem de uma pessoa assustada com declarações estupidas de um governo nonsense.

Bolsonaro já havia colocado um cão de guarda do exército no gabinete da Saúde, como forma de manter seus olhos contra os ministros anteriores que, no final, se tornou o ministro interino. General Eduardo Pazuello ficou na pasta a pretexto de resolver problemas de logística no combate à pandemia.

De interino a “desinterino”, mais de 100 mil mortos de convid-19. Um general em um posto médico, deu o recado correto e Bolsonaro o tornou, não efetivo, mas, “desinterino”, é o máximo que um general pode ser como ministro da Saúde.

Compartilhe

One thought on “Gen. Pazuello, o ministro da saúde, de interino a “desinterino”.

  1. Reply
    MANOEL MAGALHAES
    setembro 15, 2020 at 4:57 pm

    INFELIZMENTE, FORAM 132.297 MORTES (atualizado até às 13 horas). JÁ HÁ ALGUM TEMPO, O BRASIL VEM OCUPANDO O SEGUNDO LUGAR EM MORTES DO MUNDO, MESMO NÃO ESTANDO DENTRO DOS 5 MAIS POPULOSOS DO PLANETA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: