Paulo Coelho pede boicote internacional ao Brasil e fica na mira do gabinete do ódio, no Twitter.

Paulo Coelho pede boicote internacional ao Brasil e fica na mira do gabinete do ódio, no Twitter.

Compartilhe

Paulo Coelho twittou ontem (13) um pedido de boicote internacional às exportações do Brasil. O motivo, obviamente, é o abandono das matas que queimam sem controle e sem política federal de combate às queimadas no pantanal.

A reação de uma turba de imbecilizados e robôs do gabinete do ódio foi imediata e elevaram o escritor mais lido do planeta ao trending topics do Twitter.

Em reação aos ataques, o escritor retwittou um vídeo em que Bolsonaro diz, “Os livros hj em dia como regra. São aquilo. Um amontoado de um monte de coisa escrita.”.

 

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *