A pretexto de fraude, Bolsonaro deixou de pagar Bolsa Família a quase 1 milhão de pessoas que tiveram o Aux. Emergencial cancelado.

A pretexto de fraude, Bolsonaro deixou de pagar Bolsa Família a quase 1 milhão de pessoas que tiveram o Aux. Emergencial cancelado.

Compartilhe

Segundo informado pelo governo, houve um erro na análise das pessoas que tiveram o Auxílio Emergencial cancelado e que tiveram que buscar as agências da Caixa, para conseguir comprovar não se tratar de fraude. Porém, nesse mesmo contesto, pessoas que recebiam o Bolsa Família também ficaram sem receber, no mínimo, o que recebiam anteriormente.

O que se configurou, em meio à pandemia e uma crise fiscal sem precedentes, em um governo que busca extinguir o Bolsa Família para criar um tal de Renda Brasil, com valor intermediário ao Auxílio Emergencial e o do Bolsa Família, foi o uso de um pretexto para conseguir arrancar R$ 550 milhões do programa social. Obviamente, oficialmente, não foi informado qual o destino dessa “economia”.

O suposto erro fez com que quase 1 milhão de pessoas (923 mil) ficassem sem renda durante o mês de agosto, em plena pandemia.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *