Como o Rio pode dar certo sendo sede do Clã Bolsonaro, da Globo, Crivella prefeito e Witzel governador?

Como o Rio pode dar certo sendo sede do Clã Bolsonaro, da Globo, Crivella prefeito e Witzel governador?

Compartilhe

Não bastasse a tragédia do Rio de Janeiro ser a sede do que se tem de pior em termos de caráter, agora estoura mais um escândalo de corrupção do clã Bolsonaro.

Carluxo, com seus fantasmas e laranjas, não nega a raça e mostra que aprendeu a lição direitinho dentro de casa com o papa da picaretagem, Jair Bolsonaro.

Quando se lembra que estavam todos juntos, Globo, Crivella, Witzel na campanha de Bolsonaro em 2018, ao lado dos filhos picaretas do vigarista mor dos fantasmas e laranjas, entende-se porque o Rio de Janeiro está como está.

Que lugar no planeta sobrevive a essa gente toda unida?

São os Marinho lavando dinheiro com Dario Messer e posando de vigilante da moral paratatá, é o corrupto Witzel dando tiro na cabecinha de preto e pobre nas favelas “contra o crime”, é Crivella que representa o próprio charlatanismo de Edir Macedo que também tem sede no Rio, e o clã que vai dos filhos às ex-mulheres e atual mulher de Bolsonaro.

Faltou mencionar que trata-se da mesma cidade em que mora ninguém menos que Queiroz, o gerente geral do clã que contrata milicianos e famílias para participarem da farra com milionárias verbas públicas.

Como o Rio chegou a esse ponto, ninguém explica, mas uma coisa é certa, um troço desses nunca vai dar certo em nenhuma parte do planeta.

*Carlos Henrique Machado Freitas

Compartilhe