Bolsonaro e Guedes recebem autorização para usar R$ 325 bi das reservas deixadas por Lula/Dilma para pagar banqueiros.

Bolsonaro e Guedes recebem autorização para usar R$ 325 bi das reservas deixadas por Lula/Dilma para pagar banqueiros.

Compartilhe

O Conselho Monetário Nacional (CMN) liberou o governo Bolsonaro para transferir R$ 325 bilhões do Banco Central para o tesouro nacional. A mídia tem explicado que o recurso é oriundo de lucros em operações cambiais do Banco Central, como forma de disfarçar que se trata de valores oriundos das reservas cambiais deixadas pelos governos do PT, Lula e Dilma.

O dinheiro não poderá ser utilizado para custeio da máquina, como salários do funcionalismo, incluindo saúde e educação. A lei prevê que o uso é permitido apenas para pagamento de dívidas. Ou seja, Bolsonaro vai torrar reservas para pagar dívidas com banqueiros.

Paulo Guedes chegou a pedir mais de R$ 400 bilhões e não conseguiu autorização do CNM, por que o órgão se mostrou preocupado com a volatilidade do câmbio.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *