Cristina Freitas

Formada na PUC-MG, é advogada desde 2008, atuando nas esferas cível, trabalhista e previdenciária em BH e região metropolitana, defensora da democracia e do Estado Democrático de Direito.

Um comentário em “O fascismo de Bolsonaro e a morte da Constituição da República 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: