Celeste Silveira

Produtora Cultural, Pesquisadora, Revisora de textos, Parecerista de projetos culturais.

Um comentário em “COMO CHEGAMOS A ISSO? O BRASIL NAS MÃOS DE UMA QUADRILHA

  • 20/01/2019 em 16:08
    Permalink

    Seu texto é como diz o poeta Castro Alves, estarrecido diante de um país , mas no caso do poeta, ainda transitava entre ser e não pertencer ao colonialismo português, escravagista no poema Navio Negreiro: “… E existe um povo que a bandeira empresta/ Para encobrir tanta infâmia e covardia/ E deixa- a transformar-se nesta “festa” em manto impuro de bacante fria! Levantai-vos, heróis do Novo Mundo! Andrada, arranca este pendão dos ares!/ Colombo, fecha a porta dos teus mares!” Parabéns! Hoje, mais do que antes , é hora de dizermos não à submissão ensandecida!Abraço fraterno!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: