Fábio St Rios

Estudou Ciência da Computação, Engenharia Metalúrgica na UFF, Engenheiro de Software, Desenvolvedor, Programador, Hacketivista e Estudante de História na UniRio.

7 comentários em “SAIBA QUEM SÃO OS THOMPSON FLORES E O DESEMBARGADOR QUE MANDOU A PF DESCUMPRIR A LEI: “Thompson (Flores) quem nos ligou. ‘Eu estou determinando, não soltem’.”

  • 12/08/2018 em 16:36
    Permalink

    Sou pós-graduada em História do Brasil. Embora, gostaria muito que o que escreveste acima fosse verdade, não o é. A História está aí registrada para quem quer realmente conhecer a verdade.
    Gosto muito do seu Blog, mas a investigação histórica falhou. Lula foi o melhor presidente eleito depois da fatídica ditadura, mas acho que alguém que não conhece bem nossa História, levou Lula a erra nessa conclusão. Retirei de um escrito o meu relato histórico. Sou muito detalhista e aqui não é espaço para detalhes, mas para conclusões corretas de nossa História:
    “Thompson Flores não era general, e sim coronel. Tampouco era bisavô, e sim tio trisavô do desembargador Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, que preside a Corte encarregada de julgar, na quarta-feira (24), o recurso de Lula da sentença condenatória proferida pelo juiz federal Sergio Moro no processo do tríplex do Guarujá.

    Ele também não matou Conselheiro, que morreu durante o cerco a Canudos, no dia 22 de setembro de 1897, provavelmente de inanição. Quando o líder do povoado insurreto morreu, o militar citado por Lula já estava morto havia cerca de três meses”.

    Resposta
    • 12/08/2018 em 16:45
      Permalink

      Apesar de não apreciar carteiradas de diplomas, sendo, aliás, crítico dessa prática, fiz breve correção no texto. Thompson Flores, o coronel em questão, é sim símbolo do massacre, mesmo que tenha morrido merecidamente, diga-se de passagem, durante o cerco.

      Quanto ao elogio ao jornal, fico muito feliz que goste da leitura.

      Grande abraço.

  • 12/08/2018 em 18:37
    Permalink

    Embora no título apareça general no texto fala em coronel e também não diz que o dito coronel matou Antônio Conselheiro, mas que ele foi vitimado durante o cerco. E também em que parte do texto diz que ele é bisavô. Não entendi?

    Resposta
    • 12/08/2018 em 18:38
      Permalink

      Perdoe, fiz uma correção e não alterei o título.

    • 12/08/2018 em 18:40
      Permalink

      Corrigido.

    • 12/08/2018 em 18:41
      Permalink

      Já a informação de ser bisavô, eu nunca pus no texto.

  • 12/08/2018 em 21:30
    Permalink

    É uma vergonha. #Moronacadeia.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: