Fábio St Rios

Estudou Ciência da Computação, Engenharia Metalúrgica na UFF, Engenheiro de Software, Desenvolvedor, Programador, Hacketivista e Estudante de História na UniRio.

4 comentários em “PREFEITO DE CURITIBA DIZ QUE CARCERAGEM DE LULA NA PF É ILEGAL E NÃO TEM ALVARÁ DA PREFEITURA.

  • 02/05/2018 em 11:07
    Permalink

    Só agora, com o LULA na prisão, é que a prefeitura descobriu? E quanto aos que por lá passaram? Não havia engano? O LULA CONTINUA PROMOVENDO O BRASILEIRO QUE ESTAVA ESQUECIDO!!!!!!! Êta nordestino porreta!!!!!

    Resposta
  • 02/05/2018 em 13:18
    Permalink

    O prefeito O prefeito Rafael Grecca que teve a cachimônia de dizer, em plena campanha eleitoral pela prefeitura de Curitiba de que pobre fede pode até estar com a razão, já que não conheço a legislação municipal daquela importante capital a respeito do assunto mas deveria reforçar o seu argumento com a brutal ilegalidade da prisão do ex-presidente Lula, o que não só está escandalizando e revoltando o Brasil como o mundo e movimentando multidões, em todo o país protestando contra este fato revoltante e que, realmente, altera o dia-a-dia não só de Curitiba como de todo o país que não engole a sentença burra e sem consistência desse juiz que vem escrevendo uma história infeliz desde o escândalo da CPMI do Banestado . Afinal, um político, manifestamente corrupto como quer afirmar o “despreparado e idiota” Sérgio Moro, como o caracterizou o ministro Gilmar Mendes, alvo de críticas acerbas, feitas pelo saudoso ministro Teori Zavascki, de grandes juristas nacionais e internacionais, mesmo preso, recebesse a visita de três prêmios Nobel e que é indicado por eles, pelo muito que fez pelos brasileiros que, inclusive serviu de exemplo para o mundo. A condenação é tão absurda que o advogado da ONU, Geoffrey Robertson, presente no julgamento do TRF-4, em Porto Alegre, disse que: ” Não se termina com a corrupção de forma eficaz, se não agirmos de forma justa”. Robertson ainda reprovou duas práticas que são recorrentes no Judiciário brasileiro de os magistrados chegarem ao julgamento com os seu votos prontos e de o integrante do Ministério Público acompanhar o julgamento ao lado dos juízes. Não se tinha nada de imparcial. O representante do MP se portava como um quarto juiz trocando comentários com os desembargadores, não poupando o comportamento indevido do procurador Deltan Dellagnol . O advogado australiano criticou o presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores que avaliou a sentença de Sérgio Moro como “impecável” e defendeu sua chefe de gabinete que nas redes sociais pediu a prisão de Lula. ” Thompson Flores é uma vergonha para qualquer sistema judiciário”, condenou o advogado. Para a ministra da Justiça da Alemanha Herta Däubler Gmelia, entre outras críticas feitas contra a condenação de Lula disse que ” punição sem infração revelaria a inexistência do Estado de Direito no Brasil”. “CRIARAM UMA LEI PENAL PARA INCRIMINAR LULA”: O advogado e professor de Direito Constitucional da PUC – SP, Pedro Estevam Serrano, colunista do “site” de CartaCapital, falou sobre o aperfeiçoamento do autoritarismo. “O autoritarismo do século XX era o estado de exceção. A ditadura tratava o ser humano como inimigo, o inimigo era geral e o Estado tinha o papel de promover a paz, disse. Hoje esse mecanismo se aperfeiçoou e temos as medidas de exceção no regime democrático que é a fraude ao direito à democracia. Criaram uma lei penal para in criminar o Lula”, afirmou.

    Resposta
    • 02/05/2018 em 13:28
      Permalink

      Ótimo

  • Pingback: Prefeito de Curitiba diz que carceragem de LULA na PF é ilegal e não tem alvará | 7minutos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
%d blogueiros gostam disto: