COMEÇOU A ESCRAVIDÃO: Riachuelo vai aplicar 100% a reforma trabalhista já.

Flávio Rocha, o dono da Riachuelo, que apoiou o golpe e amargou fortes prejuízos, comemora a dívida paga pelo governo Temer. Agora, vai aplicar totalmente a reforma trabalhista a partir de já. Por isso, já anunciou que altarará o regime de relação trabalho para contrato intermitente.


“Os trabalhadores não se mobilizam nesse sentido”, afirmou Rocha.

Rocha também disse considerar irracional o argumento de que as novas regras da reforma podem pressionar os salários do setor para baixo. Também não procede para o empresário que os trabalhadores podem perder poder de barganha por melhores direitos: “o bom sindicalismo vai se fortalecer”.

Talvez, essa seja a única sentença em que ele tenha razão, mas pelos motivos errados. Na medida em que se amplia a exploração, a reação também se torna mais forte, o que remete ao início do século XX. Com condições trabalhistas similares ao período, a exploração também seguirá com a mesma gravidade. Portanto, o fortalecimento das associações de trabalhadores, sendo elas sindicatos, ou outra forma, será a única forma de combater o poder econômico de grandes empresas. Por esse aspecto, Rocha realmente tem razão. Podemos esperar conflitos entre corporações e trabalhadores, assim que os novos contratos se generalizarem.

O bom sindicalismo que o dono da Riachuelo se refere, será mais duro e intransigente que os de hoje. A história já nos deu exemplos disso.

Leia Também:   Dilma sobre a propaganda de Temer: "É mal-educada, grosseira  e vulgar. É machista e racista." 

Foto em destaque da Revista Exame.

Fábio St Rios

Cientista da Computação, Engenheiro de Software, Programador Senior, Profissional da Segurança de Dados e Estudante de História.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com