Com disfunção eretil, Frota processa Saúde Bradesco

O ator pornô conservador de ultra-direita, Alexandre Frota, teve um processo que estava em segredo de justiça, aberto pelo próprio judiciário. O caso é referente ao não atendimento do plano de saúde Bradesco para o implante de uma prótese peniana.


Quando Frota entrou na justiça, tinha 51 anos e, segundo os autos dos processo, o requerente sofre de disfunção erétil severa. O que é popularmente chamado de broxa.

Em consulta, relatou “dificuldades extremas em obter uma ereção peniana satisfatória, que permitisse ao mesmo a realização do ato sexual”.

De acordo com petição do advogado, “Frota foi submetido a tratamentos injetáveis com medicamentos que induzem a ereção e, mesmo assim, a resposta não foi suficiente e o paciente continuou sem obter ereção satisfatória”.

Com informações da revista Fórum.

Leia Também:   FRACASSO: Manifestação do MBL é um enorme fiasco em Campinas

Fábio St Rios

Cientista da Computação, Engenheiro de Software, Programador Senior, Profissional da Segurança de Dados e Estudante de História.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + 10 =

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com