Romaria do Centrão a R. Maia mostra que 2ª denúncia não está consumada

A notícia dada pela jornalista do G1, Andreia Sadi, em longo texto sem quebra de parágrafos, apresentou uma realidade pensada no período da primeira denúncia contra o presidente ilegítimo Michel Temer. Segundo a jornalista apadrinhada de Aécio Neves, o descontentamento com Temer, de diversos partidos do Centrão, tem levado a uma verdadeira romaria de congressistas a Rodrigo Maia (DEM-RJ).


Dos partidos que mais buscaram o presidente da Câmara dos Deputados e sucessor de Michel Temer, caso a denúncia seja aprovada, estão PR, PP, PSD, grande parte do PSDB e, inclusive, do PMDB. O principal discurso é o medo de salvaram Temer e se submeterem em desgaste político irreversíveis para as eleições de 2018.

Leia Também:   ONU desmente Dória e afirma que não apóia a Farinata, a ração "desumana".

Maia repete a todos, que não confia mais em Michel Temer e que se for convidado, irá ao encontro do presidente por questões institucionais. Essa reação é fruto de um forte desgaste de Temer com Maia, quando a base aliada agiu para esvaziar a votação da MP que obriga o governo a salvar bancos em insolvência. O presidente da Câmara chegou a dizer que não votará mais nenhuma MP de Temer, exceto as que forem realmente urgentes.

Fábio St Rios

Cientista da Computação, Engenheiro de Software, Programador Senior, Profissional da Segurança de Dados e Estudante de História.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × quatro =

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com