NAZISMO CRESCE NOS EUA E CONFLITOS EM VIRGÍNIA COMPLETAM 2 DIAS

Uma manifestação organizada por entidades que defendem o uso da bandeira dos confederados da guerra civil americana, foi autorizada pela polícia local. Embora tivesse a promessa de ser pacífica, houve conflito e briga generalizada contra estudantes universitários de maioria negra, que faziam um estudo sobre as estátuas da cidade. No momento do conflito, o estudo se concentrava na estátua de um general confederado.


Nesse momento, um cordão de isolamento de dezenas de policiais isola um acidente de atropelamento, envolvendo uma pessoa branca e um pessoa negra, na cidade de Charlottesville na Virgínia.

A pequena cidade com grande número de universitários, já declarou estado de emergência pela escalada da violência entre supremacistas brancos auto declarados nazistas e nacionalistas, dos quais integram grupos progressistas e negros. É o fruto de uma prolongada crise econômica, que leva os EUA ao empobrecimento, trazendo velhas disputas raciais baseadas em cientificismo e desumanidade.

Leia Também:   ELEIÇÕES NA VENEZUELA: Oposição errou ao apostar na Guerra Civil. Veja o resultado.

Fábio St Rios

Cientista da Computação, Engenheiro de Software, Programador Senior, Profissional da Segurança de Dados e Estudante de História.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × três =

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com