A PREVIDÊNCIA É SUPERAVITÁRIA, NÃO HÁ DÉFICT, AFIRMA O RELATÓRIO DA CPI.

Quando se repete indefinidamento uma mentira ela se torna uma pós-verdade, pra usar esse novo conceito.
Após seis meses de trabalho a CPI da Previdência concluiu que não existe o rombo tão anunciado.
Leiam trechos da matéria veiculada pelo SINDLEGIS (Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo Federal )
“O relatório sobre os trabalhos da CPI aponta, com muita certeza, que a Previdência brasileira não é deficitária, mas sim superavitária. Ela demonstra, por exemplo, que setores do patronato arrecadam por ano cerca de R$ 25 bi em torno do trabalhador e não repassam à Previdência, o que é propensão indébita. Isso é crime”, afirmou Paim.
“O relatório também mostra que há uma dívida acumulada de grandes bancos e empresas, como Itaú, Bradesco, Caixa Econômica, Banco do Brasil, montadoras de automóveis, e a JBS, que ultrapassa mais de R$ 500 bilhões de reais”, afirmou Paim.
“A falta de divulgação dos trabalhos da CPI da Previdência demonstra que é preciso que a sociedade entenda, de fato, os malefícios que essa reforma trará, caso aprovada. A pressão pelo sepultamento de projetos maléficos não pode parar. Precisamos que a mídia divulgue os dados apresentados pela Comissão; precisamos que a sociedade cobre de seus parlamentares propostas que busquem o aprimoramento do Estado brasileiro, a garantia de direitos e a certeza de um País mais justo e democrático”, apontou.
Aqui a íntegra da matéria publicada dia 13/07/2017:
https://sindilegis.org.br/noticias/apos-seis-meses-de-trabalho-cpi-emite-relatorio-confirmando-que-previdencia-e-superavitaria/1517
Leia Também:   FRACASSO: Manifestação do MBL é um enorme fiasco em Campinas

Christina Alkmim

Humannista. Advogada. Família e Sucessões; Responsabilidade Civil. Especialista em Psicologia Jurídica. Psicanálise Social.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove − quatro =

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com