NETFLIX MANDA RECADO AOS POLÍTICOS EM PROPAGANDA NO AEROPORTO DE BRASÍLIA.

Nunca uma propaganda foi tão acertada quanto a fala de Frank Undrwood na série House Of Cards impressa pelo Netflix no saguão do Aeroporto de Brasília. Não é novidade que a comparação da série com o golpe parlamentar no Brasil, tenha chegado a um outro nível de realismo. Com o título de House Of Cunha ou Brasília Of Cards, o país está sob a ordem de um jogo político em que a ética importa pouco e a ordem é o salve-se quem puder.


Propaganda do Netflix no Aeroporto de Brasília

Temer se agarra ao poder como única saída para não ser preso. A mídia tenta sustentar o mesmo grupo político, mesmo que o governo caia e 90% da população desejam eleições diretas. Sem nome para salvar o grupo político atual, Temer continua provisoriamente e a oposição não consegue emplacar nenhuma liderança desde que Aécio foi comido. O Brasil chegou à segunda confluência do golpe, ou escancara, ou faz uma curva à esquerda.

“Escolher dinheiro em vez de poder. Um erro que quase todos cometem.” A frase foi dita por Frank Underwood, protagonista de “House of Cards”, na primeira temporada da série ao se referir ao lobista Remy Danton, que era seu assessor antes de aceitar um emprego no mercado privado.

O House Of Cards tupiniquim já passou da metade da história e já começa a dar um ar de fim de festa aos protagonistas. É quando a frase da propaganda faz mais sentido do que antes. O maior erro da direita foi gostar mais do dineheiro que do poder e do fazer política.

Leia Também:   CRISE ENTRE TEMER E MAIA: "Efeito Funaro" provoca ofensas após vazamento de delação

Fábio St Rios

Cientista da Computação, Engenheiro de Software, Programador Senior, Profissional da Segurança de Dados e Estudante de História.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 3 =

Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com